20160315 - Postagem 7 - 2
O Continente africano possui 55 países. 61px
O país da Guiné Bissau possui cerca de 1.600.000 habitantes. 70px
É um país que está entre os 10 mais pobres do mundo (ONU). 80px
Não tem energia elétrica, com exceção de alguns bairros da capital. 90px
A Malária e a desnutrição são as maiores causas de morte em Guiné Bissau 100px
É impossível estar em um lugar de missão e não mudar o nosso coração.
Elaine Machado
IAM
“Lá (na Guiné Bissau) não adianta você falar de Jesus, você tem que ser Ele”
Metódio Retexin
Diácono
Missionária, misericordiosa, pobre e para os pobres. Esta é a Igreja sonhada por Francisco.
Cardeal Dom Claúdio Hummes
“Na Guiné, tive a oportunidade de conviver com um povo muito acolhedor, inteligente e prestativo. Por outro lado, aprendemos com eles a ser feliz na simplicidade e com pouco. O início foi difícil, longe da família, dos amigos, sem luz, água, chuveiro, rádio, televisão e internet. Em pouco tempo, fomos nos adaptando e descobrimos que é muito bom viver na simplicidade, sem barulho, sem trânsito, sem engarrafamento. A falta de ferramentas e alguns utensílios domésticos ativaram nossa inteligência para improvisar na execução de algumas tarefas em casa e no terreno da missão.”
Odaril José da Rosa
Coordenador do Conselho Missionário Regional
Grandes doutores e escritores africanos dos primeiros séculos:
Orígenes, Santo Atanásio, São Cirilo (Escola Alexandrina); Tertuliano, São Cipriano, Santo Agostinho
Papas africanos: Victor I, Melquíades e Gelásio I.
Encíclica Africae Terrarum de Paulo VI, 1967
A Igreja necessita de uma forte ‘comoção’, que a impeça de se instalar na comodidade, na estagnação e na indiferença, à margem do sofrimento dos pobres.
Documento de Aparecida, 362
“Aqui, muitas famílias se alimentam uma só vez ao dia. A maioria come somente arroz. Por isso, à noite, muitas crianças batem à nossa porta. Eu pergunto: Quem é? Elas dizem seus nomes e acrescentam: “Mãe Salete, fome. Uma coisa pra comer, por favor”. É assim que sou chamada na comunidade: mãe Salete. Em meu coração, sinto ser simplesmente uma missionária que veio para servir e anunciar o Evangelho.”
Salete Lang
Missionária na Guiné Bissau
A atividade missionária ainda hoje representa o maior desafio para a Igreja e a causa missionária deve ser a primeira de todas as causas
Evangelii Gaudium, 15
“‘Quando o teu pequeno barco começar a colocar raízes na imobilidade do cais’, lembrava Dom Hélder Câmara, ‘vai para o fundo!’. Parte! E, acima de tudo, não porque tem uma missão para cumprir, mas porque estruturalmente você é um missionário: no encontro com Jesus experimentou a plenitude de vida e, por isso, deseja fortemente que os outros se reconheçam nEle e possam proteger a sua amizade, nutrir-se da sua palavra e celebrá-Lo na comunidade”
Papa Francisco
Discurso de abertura da 69ª Assembleia Geral da Conferência Episcopal Italiana, 16 de maio de 2016.